Máquinas de Solda TIG

 

É provável que você esteja acessando este site porque tem o objetivo principal de atingir uma considerável melhora de seus serviços no que diz respeito a soldas especiais. Existe uma infinidade de projetos de solda TIG. Dentre eles, podemos citar: MotoCross, Bicicletas de Corrida, peças em titânio, customização de motocicletas ou carros, construção de karts, etc...

Todos estes projetos devem aproveitar ao máximo o que uma solda especial pode oferecer.
Você sabe a diferença entre Regular Welding e Performance Welding? É exatamente por isso que www.soldatig.com está na web.

Neste espaço, o conteúdo de soldagem é nível mais alto de importância. Para um melhor entendimento do que está sendo falado, considere a importância de uma solda em um trailer que pode ter 50 por cento de penetração sem qualquer problema, porém, se tal solda for feita em um veículo que pode chegar aos 200 quilômetros por hora, pode ter certeza de que as soldas deverão ser 100% boas.
Se você está voando em uma aeronave experimental a uma altitude de 1000 metros sobre a floresta amazônica, pode ter certeza de que as soldas dos suportes do motor de seu avião deverão ser 100% boas. Em algumas soldas feitas em trailers, equipamentos de fazenda ou suportes de oficina, as soldas podem apresentar certos defeitos sem riscos, porém este artigo tem o objetivo de explorar a soldagem de qualidade, ou seja, estar o mais próximo possível dos limites aceitáveis para uma solda de qualidade.

www.soldatig.com quer explorar passo a passo uma maneira de obter boas soldas sempre que for soldar. Há pouco tempo atrás, em torno de 10 anos, equipamentos de soldagem TIG não eram comuns nas oficinas, mas essa realidade mudou. Hoje é possível que um pequeno empreendedor consiga comprar um equipamento como este. Lachmann TIG oferece oportunidade para que você adquira um equipamento nacional e com qualidade comparável a marcas de renome internacional.

As descobertas de novas tecnologias, a utilização de novos materiais, a possibilidade de se utilizar o alumínio em grande escala na construção de estruturas, tudo isso mudou dramaticamente nos últimos anos. Hoje é possível controlar todos os dispositivos de uma máquina de solda tig com um simples ajuste de botões.

Se você está prestes a construir um avião ou um automóvel, está tendo a chance de se atualizar em alguns processos como “a solda do momento”, a solda tig.
As oficinas de carros das equipes de Fórmula Indy utilizam equipamentos de solda tig para reparo de chassis e suspensão ou construção dos mesmos.

As oficinas de carros das equipes de Fórmula Indy utilizam equipamentos de solda tig para reparo de chassis e suspensão ou construção dos mesmos.

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

A solda TIG é a escolha mais adequada na construção de Fórmula 1, Fórnula Indy e pequenos carros como da Fórmula Ford. As razão para isso é relativa ao pequeno número de carros que precisam ser construídos nestas classes. A solda TIG é a mais correta escolha dentre muitos outros processos de soldagem e não importando o trabalho de soldar individualmente suas suspensões ou outras partes do sistema de um veículo.
As soldas MIG não são adequadas para muitas destas partes de suspensão compostas por tubos visto que é difícil obter o controle necessário para uma solda com qualidade de acabamento, resistência mecânica e penetração. O processo TIG permite soldar partes sem adição de maneira a deixar um aspecto suave, como se não houvesse uma junção ou uma costura no local, ou seja, o processo TIG é extremamente controlável. Com o arco elétrico você pode refazer até mesmo as soldas anteriores.
As soldas em tubulações das partes de uma suspensão seriam menos adequadas para uso do processo MIG devido às questões de obtenção de controle que, em relação ao processo TIG, a obtenção do controle é de 100% nessas soldas.

Sobre as Máquinas de Solda Lachmann TIG

As máquinas produzem soldas de qualidade superior, livres de defeitos, com ótimas propriedades mecânicas e ausência de respingos que ocorrem quando se usa outros processos diferentes do TIG. A máquina permite excelente controle na penetração de passes de raiz e, em casos de soldas sem adição de matéria, pode-se fundir partes em alta velocidade, ou seja, soldas de alta velocidade.

Conheça o protótipo de veículo solar desenvolvido por Lachmann TIG no qual se utilizou Lachmann TIG 250AC na construção de sua estrutura que é inteiramente em alumínio:

Carro Solar Lachmann TIG

O ótimo dimensionamento do equipamento e o calibre de seu sistema de alta freqüencia promove um controle preciso das variáveis de soldagem. Por conseguinte, as máquinas TIG Lachmann AC/DC podem soldar praticamente todos os metais industrialmente utilizados, inclusive metais dissimilares.

O que são metais dissimilares?

"Metais dissimilares" é uma maneira charmosa de dizer metais diferentes. Essa expressão, como em muitos outros casos, surgiu primeiramente no vocabulário de norte americanos. Veja um pequeno texto em inglês que relaciona este termo:

...

How to deal with dissimilar metals

Jul 1, 2003 12:00 PM, By Rick Weber

TRAILER manufacturers know that when using two dissimilar metals, precautions need to be taken to prevent two-metal (galvanic) corrosion. That applies even to the “all-aluminum” design, which uses steel frames in the axle and coupler areas.

Tradução:

Como lidar com metais diferentes

01 de julho de 2003 12:00, por Weber Rick

Os fabricantes de Trailer sabem que quando se utiliza dois metais diferentes, as precauções devem ser tomadas para evitar que dois metais (galvanoplastia) entrem em corrosão. Isto é válido também para quando o projeto é todo em alumínio, que utiliza estruturas de aço nas áreas eixo e engate.

...

Então, quando falamos em soldar metais dissimilares, estamos falando em soldagem de duas partes formadas por metais diferentes, como por exemplo, uma solda de cobre e alumínio.

O processo TIG é, portanto, um dos mais apropriados quando se quer um resultado de baixo custo, de acabamento e de resistência mecânica.

A facilidade de fusão promovida pela atmosfera de gás inerte permite que a fusão ou a soldagem dos metais possa ser executada em quaisquer possíveis posições. Além disso, não ocorre geração de fumos.

Histórico Sobre Lachmann TIG

Desde 2000, na região Sul, agora o fabricante se coloca a disposição para atendimento em todo o Brasil.
Os equipamentos da LachmannTIG são produzidos sob um rigoroso controle de qualidade. Por sua vez, cada equipamento que finaliza na linha de montagem passa por uma bateria de testes na qual o produto é liberado com a garantia de funcionamento de 1(um) ano a contar a partir da data de entrega do mesmo.
As máquinas de solda Tig da LachmannTIG foram projetadas seguindo a necessidade específica do soldador, pois é ele quem vai precisar de rendimento e qualidade nas soldas, além disso, é claro, potência, o que faz com que o operador não sofra com longos trabalhos de preaquecimento.

O fabricante da LachmannTIG visa o bem estar do meio ambiente. Portanto, a “Não Agressão da Natureza” é uma prioridade.

O processo de soldagem tig exige um equipamento que forneça uma perfeita ionização do gás argônio, que, por conseguinte, gera a “abertura de arco”.

A abertura de arco destes equipamentos chega a uma medida aproximada de 15mm, o que torna o equipamento ideal para o processo de soldagem TIG.

 

 

O que é Solda Tig?

 

Soldagem TIG (sigla em inglês de Tungsten Inert Gas) é um processo de soldagem a arco elétrico entre um eletrodo não consumível de tungstênio e a poça de fusão com proteção gasosa, sobre a qual faz-se o acréscimo do metal de adição, normalmente na forma de um arame relativamente fino. O processo também é conhecido em inglês como Gas Tungsten Arc Welding (GTAW).


1. Desenvolvimento
2. Operação
3. Aplicações
4. Qualidade
5. Vantagens
6. Equipamento
8. Referências

 

1. Desenvolvimento

Surgiu uma necessidade de disponibilidade de processos eficientes de soldagem para materiais difíceis, como o alumínio e magnésio, principalmente na indústria aeroespacial e de aviação. Assim, com o seu aperfeiçoamento, surgiu um processo de alta qualidade e relativo baixo custo, de uso em aplicações diversas.

2. Operação

O processo manual de soldagem TIG é considerado um dos mais difíceis de todos os processos comuns utilizados pela indústria devido à necessidade de destreza do operador para manter um pequeno arco e prevenir que o eletrodo não encoste com a peça de trabalho. A utilização de duas mãos dificulta ainda mais o processo (uma mão segura a tocha de soldagem, outra, o arame do metal de adição). O Gás de proteção utilizado é o Argônio ou Hélio ou a mistura dos dois.
Observação: Diferentemente dos processos MIG/MAG, não existe soldagem com eletrodo de tungstênio em atmosfera não protetora, ou "gás ativo", logo, não existe o que seja um processo "TAG". A utilização de gás ativo no processo oxidaria antes de qualquer coisa o próprio eletrodo de tungstênio.



3. Aplicações

Largamente utilizado na indústria aeroespacial e de aviação devido à alta qualidade da solda e em indústrias que utilizam materiais não ferrosos. Indicado principalmente para peças pequenas e chapas finas que necessitam uma soldagem mais precisa.

4. Qualidade

A qualidade do processo TIG é excelente, possui um ótimo acabamento do cordão de solda e excelentes propriedades mecânicas.


5. Vantagens

  • Produz soldas de qualidade superior, geralmente livres de defeitos, ótimas propriedades mecânicas e acabamento.

  • Está livre dos respingos que ocorrem em outros processos a arco;

  • Permite excelente controle na penetração de passes de raiz;

  • Pode produzir excelentes soldagem autógenas (sem adição) a altas velocidades;

  • Permite um controle preciso das variáveis da soldagem;

  • Solda praticamente todos os metais industrialmente utilizados, inclusive metais dissimilares;

  • Permite um controle independente da fonte de calor e do material de adição.

  • O processo pode ser automatizado

  • Solda em todas as posições

  • Pouca geração de fumos

6. Equipamento

 

  • Tocha de soldagem com o eletrodo de tungstênio;

  • Fonte de energia.

  • Gás de proteção;

  • EPI:

7. Referências

American Welding Society (2004). Welding Handbook, Welding Processes Part 1. Miami Florida: American Welding Society. ISBN 0-87171-729-8.
http://www.lehighvalleychoppers.com - Fotos de Suspensão de Veículos Protótipos Esportivos
ASM International (2003). Trends in Welding Research. Materials Park, Ohio: ASM International. ISBN 0-87170-780-2
Cary, Howard B. and Scott C. Helzer (2005). Modern Welding Technology. Upper Saddle River, New Jersey: Pearson Education. ISBN 0-13-113029-3.
Jeffus, Larry (2002). Welding: Principles and Applications. Thomson Delmar. ISBN 1-4018-1046-2.
Lincoln Electric (1994). The Procedure Handbook of Arc Welding. Cleveland: Lincoln Electric. ISBN 99949-25-82-2.
Messler, Robert W. (1999). Principles of Welding. Troy, New York: John Wiley & Sons, Inc. ISBN 0-471-25376-6
Minnick, William H. (1996). Gas Tungsten Arc Welding handbook. Tinley Park, Illinois: Goodheart-Willcox Company. ISBN 1-56637-206-2.
Weman, Klas (2003). Welding processes handbook. New York: CRC Press LLC. ISBN 0-8493-1773-8.

 

Ainda Sobre o Processo TIG ou GTAW

Aperte play no video abaixo para visualizar uma animação deste processo:

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

GTAW é a sigla internacional que significa “gas tungsten arc welding”, ou seja Arco de Soldagem com Gás e Tungstênio.

TIG é a abreviatura de “Tungsten Inert Gas”, como este processo ficou conhecido. Teve início em 1920, mas o seu desenvolvimento se deu com a Segunda Grande Guerra.
Normalmente é um processo de soldagem que utiliza gás inerte, porém existe a possibilidade de se utilizar misturas “não inertes” em aplicações muito especiais.

Não há formação de escória, o que permite boa visibilidade e consequentemente não existe o trabalho de remoção da escória entre os passes. É uma solda de acabamento.

Pode se utilizá-lo numa grande gama e tipos de metais, com a maioria dos aços, incluindo os aços inoxidáveis, as ligas de níquel (monel e inconel), titânio, alumínio, magnésio, cobre, bronze e até ouro. Também é aplicável na soldagem de metais dissimilares.

É largamente empregado para soldar alumínio e magnésio, que formam óxidos refratários e para metais reativos como o titânio e o zircônio.

O GTAW funciona através do eletrodo de tungstênio ( ou liga de tungstênio ) preso a uma tocha. Por essa mesma tocha é alimentado o gás que irá proteger a soldagem contra a contaminação da atmosfera. O arco elétrico é criado pela passagem de corrente elétrica pelo gás de proteção ionizado, estabelecendo-se o arco entre a ponta do eletrodo e a peça. Em termos básicos, os componentes do GTAW são : 

1. Tocha; 
2. Eletrodo; 
3. Fonte de Potência; 
4. Gás de Proteção


VANTAGENS 

1. Produz soldas de qualidade superior, geralmente livres de defeitos; 
2. Está livre dos respingos que ocorrem em outros processos a arco; 
3. Pode ser utilizado com ou sem adição; 
4. Permite excelente controle na penetração de passes de raiz; 
5. Pode produzir excelentes soldagem autógenas ( sem adição ) a altas velocidades; 
6. Utiliza-se de fontes de energia de baixo custo; 
7. Permite um controle preciso das variáveis da soldagem; 
8. Pode ser usado em quase todos os metais, inclusive metais dissimilares; 
9. Permite um controle independente da fonte de calor e do material de adição.

PRÁTICAS DE SEGURANÇA 

Os principais tópicos a serem observados nos itens de segurança são: 

1. Usar sistematicamente o equipamento de proteção individual; 
2. Cuidados na manipulação de cilindros pressurizados; 
3. Evitar a aspiração de Gases tóxicos associados ao processo (ozônio, dióxido de 
nitrogênio, etc.), gases inertes de proteção ou fumos metálicos; 
4. Proteger-se da energia radiante, especialmente na pele e olhos (cuidados 
especialmente com UV, inclusive refletido pelas paredes); 
5. Proteger-se de choques elétricos. 
6. Evitar a aspiração de partículas radioativas quando da preparação de eletrodos com adição de Tório.

Lachmann TIG Desenho

 

 

 

 

 

Máquinas de solda tig
Fabricante Brasileiro de Equipamentos de Soldas Especiais